quinta-feira, 25 de junho de 2009

Nossas lembranças...

Olá queridos e queridas!

Hoje fiquei triste em saber do falecimento da Farrah Fawcet. É muito triste passar por uma enfermidade e, no final sentir tão cansada e debilitada. Fiquei muito emocionada quando vi uma foto dela num aeroporto... Bem vou guardar nas minhas retinas, como dizia o poeta, a imagem desta mulher linda! Eu tenho 39 anos e, lá no ano de 1979 e toda a década de 80, todos os dias vinha correndo da escola para assistir aos programas favoritos.

Eu e minha irmã Célia, assistíamos aos seriados de TV. E não cansávamos de falar sobre aqueles atores e atrizes que nos acompanharam em nossa infância. Hoje estou me sentindo tão velha! Agora a pouco estava falando com o meu marido, Dácio, e ele me disse que nossos ícones da infância estão partindo... e é verdade...

Naquele tempo não tínhamos muitas alternativas de programas como hoje. Não existia TV a cabo. Mas nós fomos tão felizes! Existiam programas maravilhosos e que nos acompanharão para sempre.

Nós éramos fascinadas pelas Panteras.

E por uma Feiticeira linda, a Samantha - Elizabeth Montgomery.
Pela maravilhosa Barbara Eden que atormentava o Major Nelson em Jeannie é um génio.

E pelos Flintsones - inesquecíveis!


Eu não poderia deixar de mencionar o programa Perdidos no Espaço. Eu amava aquele Robô.
Beijocas para todos!
PS - Amigos e amigas fiz uma alteração nesta postagem, alterei a palavra desaparecimento por falecimento.

Sandra.

domingo, 21 de junho de 2009

Sou artista!

Uma história de vida.
Mais de pertinho.

O quadro acima é da casa da minha sogra, que infelizmente já é falecida. Acho que vou pedir para herdar este quadro. Hehehe.
Bem, a família do meu marido é tradicional no ramo madeireiro. Parece coisa de sangue, sabe genética... vem lá dos antepassados... Pois é, para falar do quadro temos que nos remeter a pelo menos vinte e cinco anos atrás. Um tio do maridão tinha uma madeireira e, apareceu por lá um senhor em busca de alguns pedaços de madeira. Assim, foi aparecendo e se tornando amigo do pessoal. Tratava-se do Pedro Gambá, um homem simples e aparentemente sem parentes, casa ou algum vinculo... Pedro Gambá revelou-se um eximio artesão, e o nosso tio passou a fornecer algumas sobras de madeira... Contam que tinha tanto talento com as suas mãos maltratadas pela vida que vivia, que nos parece até uma contradição.
Um dia o meu cunhado, que mora no Pará, veio visitar a família. Logo surgiu o convite para que Pedro fosse passar uns tempos lá no Norte. E lá foi o Pedro Gambá - Gambá era devido a dificuldade de cultivar o hábito de um bom banho. Contudo, nada disso tirava os meritos do Pedro, que chegou ao Pará e recebeu inumeras encomendas, tais como mobiliario completo para quartos, salas, quadros e tudo mais que sua rica imaginação e mãos habilidosas produziam.
Este quadro é tão lindo, rico em detalhes e chama a atenção de todos. Desde as primeiras vezes que visitei minha sogra, perguntei sobre aquele trabalho e fiquei conhecendo a história do Pedro. E lá no Norte, o Pedro foi muito bem sucedido, recebeu muitas encomendas, porém meu cunhado percebeu que em algum momento o Pedro estava ficando desmotivado... deixando de trabalhar a madeira, ficava andando pelas matas e tomando cachaça. Assim, meu cunhado preocupado com o Pedro e com sua desmotivação, chegou até ele e conversou sobre a situação, pois eram tantas encomendas, um negócio muito lucrativo porque as pessoas pagavam muito bem pelos trabalhos. Após ouvir atentamente, Pedro Gambá virou-se e disse que quem precisava trabalhar era o meu cunhado e não ele, afinal ele era artista!
Bem, o fato é que Pedro Gambá era um artista! E, assim como apareceu aqui em BH, desapareceu lá no Norte e não deixou rastro, apenas ficamos com a história e eu com este lindo trabalho todo entalhado por suas mãos abençoadas.
Pedro Gambá, onde você estiver, obrigada por sua arte, pois é encantador admirar a capacidade de um artista.
Espero que vocês apreciem a história de um homem anonimo, mas que deixou a sua marca por onde andou. Boa semana a todos! Beijokas, Sandra.

sábado, 13 de junho de 2009

Areas externas

Oi Pessoal!

Vocês já sabem que eu, simplesmente, amo plantas. E, as áreas externas são lugares que eu adoro, pois além das plantas, tem o ar puro e todo um visual revigorante. Não existe ninguém que não se renove após uns momentos de relaxamento numa rede, varanda, debaixo de um ombrelone, ou mesmo num simples banco de uma praça.

É preciso viver bem e, para isso, é importante ter pausas para renovar. Assim, deixo imagens de áreas externas lindas....

Bom domingo! Sandra.





sexta-feira, 12 de junho de 2009

Namorados

Vamos aproveitar o dia e fazer dos nossos momentos os mais inesquecíveis!
Feliz Dia dos Namorados para o meu eterno namorado, Dácio!

domingo, 7 de junho de 2009

Mobiliário solidário.

Olá pessoal!

Hoje vou mostrar um pouquinho da minha mesa e bancos rústicos, que já mencionei aqui no blog. Eu adoro esses móveis, pois além de lindos, eles são produzidos pelo pessoal do Salão do Encontro - um trabalho sério e que traz dignidade e esperança a muitas pessoas. Vale conferir!

Para completar o mobiliário, ainda está faltando um pequeno armário para as louças e um aparador para dar um charme. Mas, enquanto não chegam eu vou aproveitando a minha linda mesa e os bancos que ficam na casa da chácara. A madeira é politicamente correta, ou seja, é madeira de reflorestamento - eucalipto. O acabamento envelhecido/rústico é obtido por tingimento e, para dar o toque final os móveis são encerrados. O resultado voces conferem agora.
Beijinhos e uma ótima semana a todos! Paz e saúde! Sandra.
A mesa e os bancos.
Mais um pouquinho...
E para encerrar um delicioso cafezinho.

quinta-feira, 4 de junho de 2009

A mudança.


Oi, depois de duas semanas de muita arrumação, sábado fizemos a mudança. A casa que estamos morando é bem espaçosa, porém já tinha o mobiliário da minha sogra. A família conservou a casa e, agora estamos morando aqui, porém tem móveis empilhados, guardados, enfim por todo lado.

A maioria das minhas coisinhas ficará embalada até a casa nova ficar pronta. Já viu né, vai demorar muuito. Como sou otimista, logo vai chegar o momento de voltar a ter tudo bem arrumadinho. Dá uma saudade da minha casinha! Todos que iam nos visitar diziam que era uma casa de bonecas! Eu ficava toda metida! Hehehe. É tão bom gostar do cantinho da gente, afinal é o nosso refúgio e referencial.

Vou deixar uma imagem, após um dia de desmontar móveis, guardar e embalar...
Sabe aquele rolo de plástico bolha... virou uma delicia de almofadão. Hehehe.
Bjs, Sandra.


Como tudo começou.

Olá queridos e queridas amigas!

Hoje estou muito feliz! E, quero dividir com vcs o motivo: a minha musa inspiradora, tornou-se minha seguidora. Pois é, vou contar para vcs. Eu trabalhei por longos anos, estudei muito, e um dia percebi que não bastava. Percebi que queria muito mais que um salário no fim do mês...

Eu descobri que queria viver situações tão simples... como por exemplo, olhava pela janela do prédio em que trabalhava e via pessoas andando tão livres pela rua. Hum, aquela situação foi se repetindo, até o dia em que recebi um diagnóstico de câncer. Meu Deus, que loucura! Porém, como Deus é maravilhoso, hoje estou aqui atrás deste teclado falando com vocês!

Bem, para encurtar a história , fiz tratamentos, voltei ao trabalho e o tempo não fez com que eu esquecesse aquele desejo de ser livre. Eu queria ir até a rua, queria sair pela cidade e ver os lugares que nunca frequentava porque estava sempre naquele trabalhando e cumprindo horários tão rigorosos - nessa altura o trabalho já havia se tornado um suplicio! Então, lembrando-me da nova vida que Deus permitiu que eu tivesse e, com a ajuda do maridão, pedi demissão e fui fazer tudo aquilo que sonhei, ou seja, fiquei sem o meu salário, mas tão feliz! Aprendi a usar a máquina de costura, fiz alguns cursos e cheguei ao patchwork.

Fiz toda esta introdução para dizer que fui pesquisar sobre patchwork num site de busca. Quando vieram as respostas, eu cliquei e, encontrei minha inspiradora! Encontrei o blog mega legal da Lu do minhacasa,meu mundo, um blog delicioso, verdadeiro, cheio de charme. Hoje quase morri de emoção quando ela deixou um recadinho e é minha seguidora!

Luciane, que honra ter você aqui no meu humilde bloguinho! Aprendi muito com você e hoje tenho tantas amizades que fiz graças às tantas visitas que fiz ao seu blog.

Quero deixar um carinhoso abraço para todas as minhas seguidoras, meus seguidores (tenho meninos por aqui) e aos queridos visitantes.

Eu adoro chegar em casa - agora sou consultora independente, trabalho muito, mas tem prazo para terminar o trabalho - e, abrir o notebook e navegar pelos blogs, aprender tanto e me deliciar com imagens lindas, textos/palavras, recadinhos, sentimentos e receitas maravilhosas.

Isso não tem preço!!!

Beijokas, Sandra.

terça-feira, 2 de junho de 2009

Fachadas.

Oieee!

Por favor, não desistam de mim! Eu não abandonei o blog. O problema é administrar o tempo curtinho para fazer várias atividades. Mas é o trabalho que tem absorvido muito do meu tempo. Assim, peço que não desistam de mim! Logo, logo estarei postando com mais frequencia e fazendo as deliciosas visitas aos blogues amigos.

Desculpas feitas, vamos ao assunto de hoje -fachadas. Pois é, o nosso projeto está praticamente pronto. Somente uns detalhes do telhado e vamos à obra! Deus, obrigada!!!

Enquanto isso vamos nos deliciando com algumas imagens que selecionei. Algumas são contemporaneas que eu adoro. Os telhados branquinhos são os meus preferidos! São tantas as opções que a imaginação vai longe...

Beijos e até breve! Sandra.